Páginas

sábado, 8 de outubro de 2011

Pinceladas

Oi gente!
Todo mundo sabe da minha paixão por esmaltes, isso não é segredo mas, o que muitos não sabem é que os esmaltes nacionais estão cada vez melhores.
Sim! Tendemos a valorizar os gringos e esculhambar os brazucas.
Ainda temos muito o que melhorar mas um passo já está sendo dado: a troca de pincéis.
Toda esmaltólatra sabe que um bom pincel faz toda a diferença na hora de pintar azunha, né? Então, como artista exibida que sou, sei a diferença entre um pincel de pêlo de marta Kolinsky e um de rabo crina de cavalo para a pintura de quadros e não poderia ser diferente quanto aos pincéis de esmaltes.
Há, no mercado internacional alguns pincéis dignos de louvor e há aqueles também dignos de deshonra, assim como os nacionais. Na verdade, os nacionais estão mais para a segunda classificação mas  (Thanks, God!) há um que se salva nesta maluquice toda e este faz parte da Specialittà, o esmalte Hits.
O melhor pincel de esmalte, na minha opinião (e o que conheço também) é o da Sally Hansen. A marca, que já é referência em cosméticos para tratamento e embelezamento de unhas merece o título de TOP PINCEL da vida. 
Outra que também dá boas pinceladas é a Dior. Mas comparando com a SH, perde no tamanho da haste.
Vamos ver isso mais de pertim?

Sally Hansen
Elejo a melhor das melhores marcas de esmalte. E como não dar nota 10 àquele esmalte que cobre em uma só camada, com um pincel super largo, chato e longo?

Rapid Red

Dior
O pincel também surpreende e tem cores inovadoras como esta.
Estado de "Nirvana" esta cor me deixou
Chanel
Como uma mega grife pode lançar cores lindas, disputadíssimas, mas com um pincel ridículo destes? Me expliquem!?
Particulière
Hits - Specialittà
A Specialittà é o que se pode dizer de nacional prafrentex, sempre surpreende! Cores lindas, texturas inusitadas, os melhores glitteres do planeta, venda online que funciona, tem tudo lá! 
E em uma das últimas coleções, a Pop Up, o pincel veio assim, doidinho por mim!

Agyness

 O pincel achatado rende mais, é mais fácil de espalhar o esmalte, sem disperdícios e quase sem borrões.
Sally Hansen - Hits - Dior. A nacional compete de igual para igual, né?

 Quanto ao comprimento da haste:
Olha o anãozinho do Dior aí!
 Outra que também tem a haste longa e "quadrada" como os mostrados, é a OPI. E que ainda  faz parte dos rombos em cartões e contas bancárias da vida: 1001 cores, 1001 sonhos de consumo. Mas não vejo grande coisa nas cerdas.

DS Original - lindo de morrer!

Claro, ainda assim é ótEEEmo... só não chega aos pés do SH:

Sally Hansen x OPI - alguma dúvida de qual pincel é melhor?

Hits x  OPI: cerdas iguais

 E então? Você pinta como eu pinto? rs
Vamos torcer para as demais marcas brasileiras desenvolverem um pincel de responsa assim?


Beijos

3 comentários:

  1. Adorei o post!
    Realmente tem horas que o pincel faz toda a diferença!

    To te seguindo.

    Bjokas

    jellyshotz.com.br

    ResponderExcluir
  2. A indústria nacional é tão preguiçosa, fala sério.

    Poxa, bora investir nos pincéis.

    ResponderExcluir
  3. Bia, amei o post.
    Ando sofrendo com umas marcas nacionais que os pincéis estão meio espanados e fica um longo risco no esmalto e nem sempre o Top Coat cobre...
    Valeu a dica!
    XOXO

    ResponderExcluir

Comente com seu Facebook!