Páginas

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Na dieta ( e feliz)

Labas, bonitonas!
(agora você já sabe como dizer Oi em Lituano!)

Quem ama fazer dieta levanta a mão! 
.
.
.
.
.
.
.

Ninguém, claro!
Além de você não gostar, conhece alguém que gosta? Também não né... normalíssimo. Eu detesto, fico irritada só de pensar em passar vontade e perder a vida social (e até familiar). Sim! temos que ficar em casa, comer só o que nos foi indicado e evitar sair com amigos, marido, filhos. Eles podem, você não. Que raiva que dá! Sempre tem alguém te "socando" uma receitinha infalível para perder peso e a boa e velha e cansativa e chata frase: "se parar (porque escuto exatamente isso) de comer e fizer exercício você consegue!".
Estou cansada de saber disso. Não tem segredo a não ser este mesmo, sei. E quando a pessoa detesta exercício físico? E quando um simples caminhar faz você perder a amizade só pelo convite? Alguém te entende? Claro que não! A não ser que você esteja lendo e também passe por isso, amiga (o) obeso. Sim! Se você chegou até aqui e seu IMC está abaixo de 24, 23, feche imediatamente esta página e volte lá para seu exercício que meu papo aqui é com quem está numa  (ou muitas) faixa superior a isto. 
A estes sim, vale a pena continuar.
E continuar não significa que te receitarei a extraordinária e super emagrecedora dieta da vez. De novo, sim! Também tem a dieta da vez, o tratamento da vez e toda hora é vez de alguma vendedorazinha te mostrar uma calça 44, mesmo quando você veste 40.
Então, chega de papo que isto não emagrece ninguém e vamos ao que vim mostrar. Na verdade achei um livro bem legal e muitas dicas vou levar comigo nas próximas 874.528.847 dietas que fizer. Somente encontrado na Espanha, o livro do Dr. Jean Michel Cohen nos ensina uns truquezinhos para conseguir e manter o peso ideal e trago algumas para vocês*, bonitas!




Manter a vida social
Em muitas vezes estar de dieta nos leva à um enclausuramento voluntário que, ao invés de nos ajudar, precipita nosso fracasso. É fundamental manter uma boa atividade social durante a dieta porque senão é impossível seguir um regime durante longo período.




Ler as entrelinhas
Para acertar o cardápio de qualquer restaurante a condição imposta é ler bem e eleger uma entrada (salada, crustáceo ou carpaccio) com uma torrada. Depois se segue com o prato principal (aquele de sustança) como carnes, peixes com pouca salada, evitando os carboidratos.



Vinho ou sobremesa?
Para evitar ganhar peso além da conta, não pode combinar os dois na mesma ocasião, tampouco renunciá-los. Se levou a cabo a dica nr. 1, de escolher salada + carne ou peixe, podes permitir um destes caprichos.

2 comentários:

  1. Vou tentar seguir seus conselhos, achei otimo, preciso mesmo disso !

    ResponderExcluir
  2. Vamos tentar juntas, Suzi. Afinal, não são nenhum bicho de 7 cabeças...

    ResponderExcluir

Comente com seu Facebook!