Páginas

domingo, 22 de julho de 2012

O real "eu"

Querendo ou não, cabelo grisalho é um assunto polêmico entre as mulheres. 
Clairol, uma marca americana de tintura para cabelos, afirma que seu papel é ajudar as mulheres a criar uma conexão autêntica entre o modo como ela se sente internamente versus como ela se vê externamente. Hummm... então é um cosmético que decide que a cor do seu cabelo diz como você se sente?
A citação mais controversa a respeito deste assunto vem de Rose Weitz, que escreveu "As Filhas de Rapunzel: o que o cabelo da mulher nos diz sobre a vida das mulheres". Ela cita: Mesmo se, em abstrato, nós pensamos que está tudo bem ter cabelos grisalhos, no entanto  sentimos que estamos perdendo nossos 'eus reais' se não temos mais nossa real cor de cabelo - aquela que tivemos quando éramos jovens e de melhor aparência. Sentimos como se estivéssemos perdendo nossos eus reais? Como se a tintura de cabelo é real? Se nada é real, é o estigma de estar ficando grisalha. 
As mulheres que conheço que assumiram seus branquinhos, dizem-se libertas. Você teria coragem de se auto-libertar também? A começar por minha própria mãe, tome estas imagens como encorajadoras e seja feliz!

Muitas atrizes, celebridades e personalidades também aderiram. A atriz israelense Daliah Lavi e as cantoras Debbie Harry...

 e Emmylou Harris...

A modelo Joan Kaminow e a atriz Ellen Burstyn...


A escritora brancos Stephanie Urdang, que declarou "Ser capaz de assumir quem eu sou com muito gosto, renovou minha vitalidade" e  Roxan Gould, atriz e modelo

As modelos e atrizes Jodee Anello e Carmen Dell'Orefice

Meryl Streep e Brigitte Bardot
 E as influentes Christine Lagarde e Bethann Hardison


E tantas outras desconhecidas. Mas não menos belas por se assumirem como estão.


Terei coragem? Não sei. E vocês? prontas para 'deixar rolar'?
Vejam este vídeo de Roxan Gould atuando para um comercial da Agência Ford, brilhante com seus cabelos prateados.


3 comentários:

  1. Bia q incrivel vc falar nesse assunto...estou nesse dilema, amo demais cabelos negros mas é muito dificil mante-los e lutar contra as forças da natureza rs não estou vencendo essa guerra e estou meio que decidida a assumir a cor prata,mas quem sabe o negocio é manter os fios hidratados com um corte legal aí sim acho q dá p ser feliz né hehe bjim ^^

    ResponderExcluir
  2. Nossa Ana, eu pinto (faço luzes, mechas) de metida, porque ainda não tenho. Minha mãe deixou agora e se sente melhor e mais bonita que qdo era escrava da tintura. Mas vai de pessoa para pessoa. Ai coloquei vários tipos de corte e comprimento de cabelos, vale tudo. Todos estão lindos. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, tudo bem?
    Entrei para conhecer seu cantinho. Gostei muito de tudo que vi. Parabéns o blog está lindo. Já estou seguindo. Depois passa lá no meu cantinho também, será um prazer, ótima semana pra vc, bjs
    Claudiana
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com

    ResponderExcluir

Comente com seu Facebook!